Fatores de risco

Os fatores de risco mais comuns da Fibrilação atrial:

  • Ter mais de 60 anos
  • Diabetes
  • Problemas cardíacos
  • Hipertensão
  • Doenças na artéria coronária
  • Histórico de ataque cardíaco
  • Insuficiência cardíaca congestiva
  • Doença cardíaca estrutural (Problemas nas válvulas ou defeitos congênitos) – Cirurgias cardíacas
  • Fibrilação atrial sem tratamento (Ou qualquer outro tipo de arritmia).
  • Doenças da tireoide.
  • Doenças pulmonares crônicas.
  • Apneia.
  • Uso excessivo de álcool ou estimulantes.
  • Doenças graves ou infecções.

Hospitais Credenciados